Tendências para o varejo em 2022: o que os especialistas têm a dizer?

futuro-do-mercado
Confira as tendências para o varejo em 2022 com a pesquisa Futuro do Mercado. Foto: Reprodução/Envato

Fim do ano chegando e é hora de voltar os olhos para o ano que vem pela frente. Afinal, vivemos em um mundo onde tudo se transforma muito rápido e o seu negócio não pode ficar para trás em relação às novidades e estratégias.

Para ajudar a identificar quais são as principais tendências para 2022, a Agência Yellow Kite, a Mescla e a Chama Publicidade encomendaram a pesquisa Futuro do Mercado. Na primeira parte, o estudo foi voltado para as inovações previstas no setor de varejo. 

Portanto, continue lendo o post e fique por dentro das conclusões desse trabalho, que tem o objetivo de potencializar, sobretudo, os negócios alagoanos.

Experiência

Entre as tendências para o futuro do varejo, está a transformação das lojas físicas de mero pontos de vendas para espaços que ofertem uma experiência ao cliente. 

Apesar das vendas on-line seguirem em crescimento, isso não quer dizer que as lojas físicas vão deixar de existir. É lá que o cliente pode ter um contato mais humano com a empresa. Dessa forma, o que deve acontecer é o investimento em transformar a experiência de compra, por meio dos 5 sentidos.

E essa proposta inclui também levar mais comodidade a quem for até a loja comprar: seja a dispensa de filas para o caixa, facilidade de pegar uma peça de outro tamanho no provador, entre outras ideias.

Jornada de compra integrada

Essa tendência tem como objetivo integrar a experiência de compra no PDV com a on-line. Assim, o consumidor pode ir até a loja assistir a uma demonstração do produto que viu no e-commerce e finalizar a compra na loja física ou em casa.

Ao mesmo tempo, as lojas físicas podem ganhar versões digitais, nas quais o cliente pode, de casa, passear pela loja usando a realidade aumentada. 

Posicionamento sociopolítico

O consumidor das gerações Y e Z está cada vez mais preocupado com o posicionamento da empresa em questões sociais, políticas e ambientais. Atualmente, 85% dos brasileiros já se sentem melhor quando realizam compras em marcas sustentáveis.

Portanto, vai ser cada vez mais comum que empresas do ramo varejista invistam em ações que promovam bem-estar, autoaceitação, preservação do meio ambiente, diversidade, extinção de testes em animais, entre outras.

Vale lembrar, no entanto, que esse mesmo consumidor irá acompanhar a marca e cobrar coerência nos posicionamentos de suas campanhas e ações.

Compra facilitada

Entrega de produtos comprados on-line em tempo cada vez menor, possibilidade de retirada na loja ou na calçada e pagamento sem contato em lojas físicas. Essas foram algumas das novidades que surgiram com a pandemia de Covid-19 e devem permanecer fazendo parte do dia a dia do varejo.

Comércio em vídeo

Já utilizado por algumas empresas no Brasil, se trata da possibilidade de ofertar entretenimento junto com a compra, especialmente por meio de transmissões ao vivo. Durante a última Black Friday, por exemplo, marcas gigantes do varejo, como as Lojas Americanas e o Magazine Luiza, realizaram lives com artistas famosos enquanto apresentavam suas ofertas.

Dessa maneira, influenciadores digitais e personalidades da mídia podem fazer parte do processo de encantamento e geração de empatia na compra. Essa, por sua vez, poderá ser feita ao mesmo tempo, por meio de QR-Codes, por exemplo.

Essas são algumas das tendências para o varejo em 2022 que a pesquisa Futuro do Mercado identificou. Quer conferir os resultados completos? Baixe agora mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *